jusbrasil.com.br
24 de Outubro de 2020
    Adicione tópicos

    Caso Lagoinha: Ecocil ganha indenização por danos à imagem

    JurisWay
    Publicado por JurisWay
    há 11 anos

    A 2ª Câmara Cível julgou, por maioria de votos, na manhã de hoje (8), a procedência do pedido de indenização, no valor de 10 mil, formulado pela empresa Ecocil contra o Estado do Rio Grande do Norte e a promotora de Justiça Rossana Sudário.

    O julgamento ocorreu após sustentantação oral do advogado da empresa, alegando que as declarações sucessivas da promotora na imprensa, sobre os possíveis prejuízos ambientais com o início das obras no condomínio horizontal Flora Boulervard em Capim Macio provocaram danos à imagem e reputação da empresa.

    O relator do processo foi o desembargador Cláudio Santos e acompanhando seu entendimento o desembargador Osvaldo Cruz. O desembargador Aderson Silvino se manifestou pela improcedência do pedido de indenização. A leitura do acórdão será realizada pelo relator na próxima sessão, dia 15.

    Processo 20090062241

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)